Saúde capacita 120 médicos e enfermeiros para ventilação mecânica

A Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas) realizou treinamento prático sobre ventilação mecânica e manejo de vias aéreas para 120 médicos e enfermeiros que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Hospital Municipal do Idoso, além da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. 

A diretora de atenção à saúde da Feas, Tatiane Filipak, diz que as capacitações fazem parte de um cronograma de ações da fundação e da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

“Estamos realizando treinamento com todas as equipes da linha de frente”, conta Tatiane.

Inicialmente, a capacitação foi sobre o uso racional e correto dos equipamentos de proteção individual (EPIs). Agora, o foco foi no atendimento aos pacientes suspeitos de covid-19.

Do total, 108 são médicos e 12, enfermeiros da UTI do Hospital do Idoso. Eles foram divididos em 12 turmas para evitar aglomeração.

Bonecos

Nas estações práticas, com o manuseio de bonecos, receberam orientações e aprenderam técnicas sobre o uso dos dispositivos para intubação traqueal. 

O treinamento de ventilação mecânica e manejo de vias aéreas faz parte do cronograma de cursos de educação permanente desenvolvidos pelo Centro de Capacitação e Desenvolvimento Humano (Cecadeh) da Feas. 

“Acreditamos que os treinamentos colaboram para a segurança dos profissionais e uma prestação de serviços qualificados à população de Curitiba”, destaca Tatiane. 

Neste mês, o curso estava previsto para ser ofertado aos médicos recém-contratados, mas a pedido do Gabinete de Crise da fundação (criado para pensar e avaliações ações nas unidades da Feas durante a pandemia de covid-19), ele foi expandido para os demais profissionais.

Fisioterapeutas

Na semana que vem serão abertas novas turmas, desta vez voltadas aos profissionais de fisioterapia. Como parte do plano de ações para atendimento dos casos de coronavírus, em fevereiro, o Cecadeh realizou treinamento com 94 profissionais médicos das UPAs sobre doenças de notificações obrigatórias (entre elas, a covid-19) e noções básicas de intubação.