LED eleva padrão de iluminação pública nas ruas de Curitiba

 

Os serviços de substituição das luminárias de vapor de sódio por equipamentos com tecnologia LED estão em andamento e até o fim deste ano irão alcançar 60 mil pontos de iluminação pública espalhados por toda Curitiba. O trabalho feito pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) acontecem nesta segunda-feira (30/11) nas ruas Eduardo Sprada, Paulo Gorski e Gonçalves Dias. Na sequência, também os postes da Avenida Nossa Senhora Aparecida receberão as novas luminárias. 

Eixo de ligação entre os bairros Seminário e Cidade Industrial de Curitiba (CIC) a Rua Eduardo Sprada completará 267 pontos de iluminação com LED. Outras 60 luminárias estão sendo colocadas na Rua Paulo Gorski, no Mossunguê, e mais 30 na Rua Gonçalves Dias, no Batel. 

De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, a troca de luminárias eleva o padrão do sistema de iluminação pública da cidade.

“A substituição dos equipamentos avançou entre 2019 e 2020. Logo chegaremos em 60 mil pontos com LED, que une eficiência luminotécnica e sustentabilidade. Nos próximos quatro anos, o plano é levar essa modernização aos cerca de 160 mil pontos de iluminação de Curitiba”, disse Rodrigues.  

O diretor do Departamento de Iluminação Pública da Smop, Tony Malheiros, explica que, com as luminárias de LED, sai a luz amarela e entra a luz branca neutra, que oferece maior conforto visual e ainda colabora com a segurança.

“O LED é mais eficiente, pois ilumina melhor gastando 50% menos energia. Também é mais durável, com vida útil de 50 mil horas ou seis anos”, apontou Malheiros.

A modernização do sistema é acompanhada do recadastramento dos pontos de iluminação pública da cidade, o que contribui para o monitoramento do sistema e facilita a identificação de possíveis problemas relatados pela população por meio do 156.