Confira os números sorteados do Nota Curitibana

 

A Prefeitura retomou, nesta-sexta-feira (31/7), o sorteio do Nota Curitibana, que estava suspenso desde março por conta da pandemia de Covid-19.

Os números do 26º sorteio foram 1.101.496 para o prêmio de R$ 50 mil; 1.208.006 para o valor de R$  20 mil; e 479.200 para o de R$ 10 mil.

Os participantes podem verificar se foram premiados no site nota.curitiba.pr.gov.br, conferindo o número dos bilhetes. Também foram sorteados outros 15.003 bilhetes em prêmios de R$ 10. A premiação total soma R$ 270 mil, incluindo as entidades beneficiadas. As entidades sociais que foram indicadas pelos vencedores receberão prêmios adicionais de R$ 25 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil.

Os nomes dos vencedores serão divulgados nos próximos dias, após checagem do processo feita por uma auditoria independente.

Concorreram neste sorteio 1.258.526 bilhetes de 73.043 pessoas. As notas são referentes ao mês de janeiro de 2020.

O programa Nota Curitibana incentiva a emissão de nota fiscal na área de serviços, contribui para inibir a sonegação de impostos e distribui prêmios para o contribuinte. 

CPF na nota

Lançado em 2018, o programa já distribuiu R$ 6,10 milhões em prêmios, com 64.823 participantes e 32 entidades de assistência social contemplados. São 141.725 estabelecimentos emitentes de notas cadastrados e 172 instituições cadastradas. O número de cadastrados participantes dos sorteios é de 137.886.

Como participar

Para participar dos sorteios, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana ou no aplicativo Nota Curitibana, disponível nos sistemas Android e iOS, e informar o CPF na emissão da nota fiscal.

É possível pedir o CPF na nota em estabelecimentos do setor de serviços, como oficinas mecânicas, escolas, cursos educacionais, academias, gráficas, salões de beleza, pet shops e estacionamentos, por exemplo.

A cada consumo do serviço é gerado um bilhete na primeira nota fiscal eletrônica do mês, independentemente do valor, e, na sequência, um cupom a cada R$ 50, com validade para o mês do respectivo sorteio. 

Além dos prêmios, os participantes podem usar os créditos para abater até 50% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Covid-19

Os sorteios foram suspensos em março por conta da interrupção dos eventos da Loteria Federal pela Caixa Econômica Federal devido à pandemia de covid-19. A apuração dos contemplados do Nota Curitibana, realizada eletronicamente, tem como base a extração da Loteria Federal.

Apesar da suspensão, as notas continuaram a gerar bilhetes para futuros sorteios e acumular créditos para abater no pagamento do IPTU segundo Mario Nakatani Júnior, coordenador do programa e de projetos de informação da Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento.

Um novo calendário de sorteios deve ser definido em breve, respeitando as restrições impostas pelo período eleitoral.

Nesta sexta-feira (31/7), o sorteio foi presidido por Mario Nakatani Júnior e Antonio Carlos Ferreira Walter foi o secretário da sessão. A mesa foi composta ainda pela auditora Maria Gabrielle de Oliveira Alves, da Mazars Auditores, e Ilson Lins da Silva (analista de sistemas da Prefeitura). 

Para evitar aglomerações, essa edição  não contou com um convidado para realização do sorteio, que foi executado no aplicativo pelo presidente da sessão.

O processo é feito por meio de um microcomputador, com sistema operacional e softwares usados exclusivamente para o Nota Curitibana. O aparelho fica guardado em um cofre e permanece em uma embalagem selada até o momento do sorteio.